sexta-feira, 21 de agosto de 2015

Profetizando contra o cansaço

Lendo uma ministração hoje bem oportuna, onde fala sobre profetizarmos contra o cansaço. O cansaço nunca pode nos roubar aquilo que é propósito de Deus para nossas vidas. Esse cansaço pode ser físico devido a muitas atividades que podemos estar desenvolvendo. Contudo, ele pode ter uma razão espiritual, ou, ainda que físico, afetar a nossa vida espiritual. Se estamos muito cansados, rapidamente não temos fôlego para orar, não é mesmo? e assim começamos um declínio que não precisávamos passar em nossas vidas. Independentemente das razões, todos em um dado momento passamos por um momento assim, e, precisamos buscar em Deus um cuidado específico com as nossas vidas a esse respeito. Existem momentos em que podemos nos achar chegando em nosso limite e temos, ainda que falsa, uma forte convicção de que não vamos mais conseguir sair desse momento de fadiga. Nesse momento precisamos ter cuidado com a nossa língua, com o que estamos proferindo, para que não venhamos proferir maldição e morte. Precisamos estar sempre vigiando nos fortalecendo no SENHOR para ultrapassar esse limite. Como diz em Pv 31:17,25 "Cinge os lombos de força e fortaleça os braços...a força e a dignidade são os seus vestidos,e, quanto ao dia de amanhã, não tem preocupação..." Podemos e devemos nos abrir levando ao Deus que sonda o nosso coração e ao qual pertencemos e dizer sobre o cansaço e esgotamento. Te convido nesse dia a profetizar sobre isso da parte do SENHOR, declare vida de Jesus e transformação sobre ti. A força do Espírito Santo te conduza. Pois, a alegria do SENHOR tua força é! " Porque derramarei água sobre o sedento , e rios sobre a terra seca; derramrei o meu Espírito sobre a tua posteridade, e a minha bênção sobre os teus descendentes. E brotarão como a erva, como o salgueiro aos ribeiros de água." (Is 44:3-4)

segunda-feira, 18 de maio de 2015

O que o Senhor nos pede. (Lc 6:37)

Hoje conversando e orando com uma amiga, ao chegar em casa comecei a meditar na palavra que está em Lucas 6:37, e o que o Senhor pedi de nós. O Senhor não nos investiu com poderes de juíz, mas de perdoadores. E o exercício de tal poder resulta em mudanças que vão perdurar por toda a eternidade. Nossa parte é simplesmente perdoar com toda liberalidade, sem esperar o pedido de desculpas. Confesso que as vezes me pego assim: esperando a posição do outro, quando o Senhor pede de mim que apenas libere. Jesus nos disse: "Não julguem, e vocês não serão julgados. Não condenem, e vocês não serão condenados. Perdoem, e serão perdoados." Que o Espírito Santo nos ajude e ensine a sempre termos um coração perdoador. Pois, Aquele que muito nos amou, também nos perdoou. Paz!

segunda-feira, 4 de maio de 2015

Tempo do Senhor!

Hoje estava lendo Ecleciastes cap. 3 e compartilho um pouco do que o Senhor falou comigo, que o Espírito Santo fale com vocês o que vem do coração do Papai. Deus colocou em nosso coração o anseio pela eternidade, mas assim mesmo não conseguimos entender por completo os planos e obras dEle. Jesus nos ensina que devemos ir até Ele,e,com Ele seguir em frente, rumo ao alvo eterno. Olhando não com nossos olhos naturais, mas com os olhos de fé. Não podemos deixar que o imediatismo deste mundo, afete o nosso tempo de preparaçao para o cumprimento do propósito de Deus para nossa vida. Cada coisa tem o seu tempo! Que o Espírito Santo nos ajude a permanecer olhando com os olhos de fé. "Achegai-vos a mim, diz o Senhor. Permanecei no meu amor; desfrute do meu descanso e paz que vem do meu Santo Espírito." como diz em Hb 4: 11 "Procuremos, pois, entrar naquele repouso, para que ninguém caia no mesmo exemplo de desobediência." Então, sigamos nos esforçando, sendo diligêntes em entrar no descanso do Senhor! No amor de Jesus